Intervençoes

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

PCdoB abre Conferência gigante em São Luís e mostra a força do Partido para batalhas que se impõem no Estado

Flávio Dino discursa na Abertura da 15ª Conferência Estadual do PCdoB

O Partido Comunista do Brasil abriu na noite dessa sexta feira (20) a 15ª Conferência Estadual do Partido. O evento aconteceu no Espaço Renascença, em São Luís.

Centenas de Delegados eleitos nas dezenas de Conferências Municipais realizadas estão em São Luís para participar dos dois dias de intensos debates onde os comunistas do Maranhão avaliam a conjuntura internacional e nacional, alinham temas estaduais e elegem a nova Direção Estadual.

Diversas lideranças políticas compareceram ao Ato Político de Abertura confirmando a amplitude do PCdoB em construir no Maranhão uma Frente política democrática e popular de caráter antioligarquica para derrotar o clâ sarney em 2018 e confirmar a onda da mudança no Maranhão.

A Presidenta Nacional do PCdoB, a pernambucana Luciana Santos participou e falou sobre a importância da unidade do povo brasileiro para derrotar os golpistas que se aninham em torno de Michel Temer e reafirmar a centralidade da questão nacional na pauta política dos brasileiros e brasileiras. 

O Governador Flávio Dino participou da abertura da Conferência do PCdoB e de maneira muito firme e consciente foi recebido com alegria pelos delegados e a militância comunista que ouviu atentamente a intervenção feita pelo Governador que é também militante e membro do partido no estado.

Flávio falou do momento vivido no Maranhão e de muito que ainda será anunciado nos próximos meses. 

O evento no Maranhão funcionará como encontro preparatório para o 14º Congresso Nacional do partido, a ser realizado entre os dias 17 e 19 de novembro em Brasília. 

A conferência estadual servirá ainda como debate local das teses definidas pela direção nacional do partido e que devem orientar - após amplo e democrático debate durante o 14º Congresso Nacional - a ação partidária nos próximos quatro anos.

Durante a conferência também será eleita a nova Direção estadual do PCdoB e serão definidos os delegados e delegadas estaduais do partido que representarão o Maranhão na 14ª Conferência Nacional da sigla em Brasília.


Os debates seguem no Sábado (21) durante a manhã e parte da tarde onde ao final os Delegados deverão aprovar as Teses Nacionais e a Nominata com os nomes dos novos dirigentes comunistas no Maranhão. 

Prefeitura de São Luís leva projeto de combate a obesidade infantil para escolas municipais


Por meio de um projeto que tem o objetivo de combater a obesidade infantil, a Prefeitura de São Luís está estimulando o interesse das crianças por uma alimentação mais saudável. Por meio da ação, desenvolvida pela Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), mais de mil crianças, entre 3 e 11 anos, serão inicialmente alcançadas com as atividades que incluem oficinas e teatro de fantoches. 
O projeto ofereceu aos alunos da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Alberto Pinheiro, no Centro, uma manhã diferenciada nesta sexta-feira (20).
Motivados por nutricionistas e professores da escola, as crianças aprenderam a preparar uma salada de frutas na oficina Chefs Mirins. O objetivo da oficina é incentivar o consumo desse tipo de alimento no dia-a-dia.
Para Kauany Pinheiro, 6 anos, a ingestão de frutas agora passa a estar ainda mais presente na sua rotina. "Eu gosto de comer frutas porque é importante para a saúde. Aprendi que eu devo comer bem e a parte que eu mais gostei hoje foi a da comida", contou.
A secretária municipal de Segurança Alimentar, Fatima Ribeiro, explicou como funciona o projeto. "Esse é um projeto orientado pelos ministérios do Desenvolvimento Social e da Saúde para a prevenção e combate à obesidade infantil. Em São Luís, as atividades educativas seguem orientação do prefeito Edivaldo e serão  levadas às escolas como uma ação permanente da Semsa. Eles levam da escola para casa esse aprendizado, que passa a fazer parte da vida da criança. Uma criança que se alimenta bem é, com certeza, um adulto mais saudável", afirmou a secretária.
Durante as atividades na escola, uma equipe de monitores nutricionistas e técnicos da Semsa analisa a saúde nutricional da criança e alertam os estudantes para os valores nutricionais dos alimentos. O projeto ensina os pequenos a fazerem escolhas mais saudáveis na hora da alimentação e a não rejeitarem alimentos como frutas e verduras. As atividades contribuem para uma mudança de hábitos, como a ingestão de frituras, muito açúcar e sal e produtos industrializados.
"Esse é o momento de estar junto das crianças para incentivar o consumo de frutas, verduras e legumes. O projeto auxilia, ainda, em uma maior aceitabilidade da merenda escolar, pois alguns alunos têm dificuldades de aceitar alimentos mais saudáveis durante o lanche. O intuito é educá-los e mostrar como é importante consumir esses alimentos. Quando eles preparam o próprio alimento, como instruído na oficina, eles se sentem mais motivados a consumir", explicou a nutricionista da Semsa, Valéria Moraes.
Ao final da atividade, os alunos recebem certificado e folders educativos para levar para casa com dicas para uma rotina mais saudável. Railon Frazão, 6 anos, destacou o que mais gostou. "Gostei muito das frutas e, com os bonecos, aprendi que a gente tem que ser saudável, comendo muitas frutas e tomando suco de fruta", disse.

SINPROESEMMA homenageará educadores com grande festa e prêmios no dia 28 de outubro


Esporte, lazer, música ao vivo e sorteio de 20 super prêmios. Assim será a Festa do Educador 2017, evento organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma), que ocorrerá no próximo dia 28, na sede social, no Laranjal, em São José de Ribamar, para prestigiar a categoria com o tema: “Quem faz educação merece respeito e homenagens”.
Como forma de inovar, a direção do Sinproesemma apostou na alteração do formato do evento, transferindo a festa do período da noite para o dia. As atividades esportivas, por exemplo, começam a partir das 8h e serão desenvolvidas nos espaços de lazer da sede social, que passou por ampla reforma, com o objetivo de envolver os educadores, familiares e amigos. Após o meio-dia, iniciará a programação cultural, com artistas maranhenses que vão subir ao palco para alegrar a festa.
Premiação e senhas
Além da descontração e do lazer, quem participar da festa ainda pode receber, ao longo da tarde, um dos 20 prêmios que serão sorteados, entre os quais aparelhos de TV de LED, ar condicionados, notebook, celulares, entre outros.
Para participar do sorteios e ter acesso à festa é necessário ir à sede do sindicato, a partir desta sexta-feira (20), às 15h, apresentar contracheque atualizado e documentos pessoais para receber o ingresso de associado, que também servirá como senha do sorteio. Além do ingresso do associado, o sindicato irá distribuir aos educadores os ingressos para os convidados, que deve ser apresentado na entrada da sede social, no dia da festa. Apenas os filiados, em dia com suas contribuições, serão incluídos nos sorteios.

Governadores eleitos da Venezuela são empossados na Assembleia Constituinte


"Os povos do mundo sabem que se pode percorrer um rumo distinto ao traçado pelo imperialismo. A Venezuela se expressou a favor de um modelo de inclusão e igualdade, que é o socialismo bolivariano. Apesar de todos os embates contra este modelo, o povo decidiu que queria a via da independência, liberdade e soberania. Não queremos intervenção", disse a presidente da ANC, Delcy Rodríguez, durante a cerimônia.

Resultados de Bolívar
Com uma votação acirrada, Justo Nogueira Pietri venceu Andres Velasquez, candidato da MUD, com uma diferença de 1.500 votos. Ao todo, houve a participação de 61% do eleitorado nas últimas eleições da Venezuela, onde o voto é facultativo. Com esta vitória, o PSUV conquistou 18 de 23 Estados.

“A participação é a maior dos últimos anos, é histórica, muito superior a que ocorreu em dezembro de 2012, quando escolhemos os governadores e governadoras”, disse o chefe do Comando de Campanha Zamora 200, Jorge Rodrígues.

Nestas eleições, 18.099.391 venezuelanos estavam habilitados para votar, nos 13.559 centros de votação instalados por todo o país. As urnas abriram às 6:00 da manhã, com a ativação de 99% dos centros de votação.

O resultado das eleições foi validado por observadores internacionais, que consideraram que o pleito “ocorreu de maneira bem-sucedida e que a vontade dos cidadãos expressada pacificamente nas urnas foi respeitada”, conforme afirmou o presidente do Conselho de Especialistas eleitorais da América Latina, Nicanor Moscoso, nesta segunda (16). A oposição acusa, mesmo assim, que houve fraudes no processo, porém não apresenta provas.
 

Fonte: Portal Vermelho, com Opera Mundi

Brasil perdeu 2 milhões de empregos e R$ 290 bi de salários em 2016


O país perdeu 2,001 milhões de empregos formais em 2016, de acordo com a Relação Anual de Informações Sociais (Rais), divulgada nesta sexta-feira (20) pelo Ministério do Trabalho. O número de postos de trabalho – que inclui carteira assinada e estatutários – caiu para 46,060 milhões (-4,16%), com quedas maiores entre jovens e pessoas com menos escolaridade. Embora a remuneração média tenha crescido 0,8% em termos reais (descontada a inflação), a perda de vagas fez a massa salarial recuar para R$ 1,332 trilhão – menos R$ 290 bilhões no ano.

Entre os setores de atividade, a queda foi maior na construção civil, que caiu 18,05% – 437.260 empregos a menos em relação a 2015. O comércio varejista perdeu 249.238 (-3,15%) e a administração pública, 372.835 (-4,05%). Os diversos setores da indústria também perderam postos de trabalho. Percentualmente, a maior retração foi no segmento de material de transporte, que inclui as montadoras de veículos: -11,75%, com fechamento de 60.404 vagas.

De acordo com a Rais, o Brasil fechou 2016 com 8,206 milhões de estabelecimentos, 108 mil a menos (-1,3%) do que no ano anterior. As maiores quedas foram registradas em estabelecimentos de médio ou grande porte: o total com 250 a 499 empregados caiu 5,3%. Entre aqueles com 500 a 999, a retração foi de 6,5%, e nos estabelecimentos com mil ou mais, de 6,3% (menos 635 mil). Nesse último concentram-se quase 12 milhões de trabalhadores.

O setor de serviços concentra 36% dos empregos no país, seguido do comércio, com 20%. A administração pública representa 19% e a indústria de transformação, 16%.

No recorte por gênero, os homens são 56% do mercado de trabalho formal, com aproximadamente 25,8 milhões. As mulheres somam 20,3 milhões (44%). A queda foi maior entre os trabalhadores do sexo masculino: -4,16%, ante -3,51% do feminino. Em um período mais amplo, de 2010 a 2016, quando o emprego formal se expandiu 4,52%, a presença das mulheres aumentou 10,63%, enquanto os homens mantiveram estabilidade (0,17%).

A faixa mais presente é de 30 a 39 anos, que representou 30,9% do total do ano passado. Em seguida, vêm a faixa de 40 a 49 anos, com 22,2% e a de 50 a 64, com 16,5%. Trabalhadores de 18 a 24 anos eram 14%. Quem perdeu mais postos de trabalho em 2016 foram as faixas de pessoas mais jovens: -21,46% até 17 anos e 9,59% de 18 a 24 anos. Na mais numerosa (30 a 39), a retração foi de 3,07%.

Mais da metade dos ocupados (54,2%) eram trabalhadores com ensino médio completo ou incompleto. Aqueles com ensino superior (também completo ou incompleto) eram 25,3% do total. A maior perda de vagas em 2016 concentrou nos menos escolarizados: queda de 11,52% entre analfabetos ou com fundamental incompleto e de 8,6% entre aqueles com ensino fundamental completo. No ensino médio, a redução foi de 3,89%. A Rais mostrou ligeira alta entre aqueles com ensino superior (0,66%).

Os empregados que se declararam brancos eram 19,5 milhões, ou 42,3% do total. Os identificados como pardos somavam 12,3 milhões (26,6%). Os pretos eram 1,9 milhão (4,2%) e os indígenas, 274,4 mil (0,6%). Pouco mais de 12 milhões (26,2%) não tiveram identificação de raça/etnia.

A remuneração média foi calculada em R$ 2.852,62, variando de R$ 2.297,98 (região Nordeste) a R$ 3.418,35 (Centro-Oeste). Chegou a R$ 3.010,74 no Sudeste, R$ 2.763,67 no Sul e R$ 2.639,50 no Norte. A média masculina foi de R$ 3.063,33 e a feminina, de R$ 2.585,44.
 

 Fonte: RBA

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Júlio Pinheiro assina acordo com franceses que garante desenvolvimento de projetos para Cultura, Patrimônio histórico e Turismo para São Luís

Vice Prefeito de São Luís entre autoridades francesas em Saint Malo
A capital maranhense e a cidade francesa de Saint-Malo assinaram acordo de cooperação que propiciará o desenvolvimento de projetos compartilhados nas áreas da cultura, patrimônio histórico e turismo. Na ocasião, o vice-prefeito de São Luís, Julio Pinheiro, representou o prefeito Edivaldo. 
A relação entre as duas cidades remete à história da fundação de São Luís, já que foi deste território francês que partiram as naus trazendo Daniel de La Touche e os colonizadores franceses que fundaram a cidade.
A assinatura do acordo de cooperação foi uma das atividades da agenda cumprida pela comitiva ludovicense que participou ainda do Encontro para Internacionalização das Comunidades Territoriais, realizado em Paris. "Os projetos advindos desta cooperação ratificarão a importância da internacionalização das relações institucionais do município de São Luís, contribuindo para o desenvolvimento da nossa cidade", destacou Julio Pinheiro.
O prefeito de Saint-Malo, Claude Renoult, disse ser muito importante a formalização desta cooperação pelos laços históricos que aproximam as duas cidades. Renoult afirmou que além de São Luís, a cidade francesa de Saint-Malo assinou acordo com as mesmas características com outras duas cidades cuja fundação também foi francesa. "Desse modo, percebemos a importância deste momento para consolidação de futuras parcerias nas áreas de patrimônio, turismo, cultura e educação", disse Claude Renolt.
Também participaram do evento o conselheiro da Câmara da Grande Região de Saint-Malo, Jacques Huchet; o presidente do Bureau de Turismo de Saint-Malo e Baía do Monte Sant-Michel, Dominique de La Portbarré; a diretora de Comunicação e Relações internacionais, Valérie Guérin; a secretária de Articulação Institucional da Prefeitura de São Luís, Ana Paula Rodrigues; e o presidente da Fundação Municipal do Patrimônio Histórico, Aquiles Andrade.
A comitiva ludovicense visitou ainda instituições parisienses que desenvolvem intervenções urbanas de baixo custo. Neste sentido, foi apresentado pela representante do Atelier Parisiense de Urbanismo, Christiane Blancot, ações desenvolvidas com esta finalidade na cidade de Paris nos últimos anos.